Parkinson sintomas iniciais

Os sintomas do mal de Parkinson podem ser facilmente percebidos por tremores nas mãos, queixo ou pés. Veja mais sobre a doença.

Parkinson sintomas iniciais

Dentre os principais fatores do Parkinson os efeitos traumáticos podem ocorrer de forma que o paciente sinta uma grande confusão e ansiedade, outra parte importante é como a pessoa vai encarar os fatos e isso vai depender do que ela sente e a situação pode afetar os parentes e amigos. O mal de Parkinson é um acontecimento muito sério e o modo que o paciente compreende a doença é muito importante, pois este comportamento é que vai dizer como é que vai levar a vida dali para frente e na maior parte dos casos as pessoas que passam por esta doença acabam conseguindo levar a vida tranquilamente por muitos anos. Nos estágios iniciais os sintomas do mal de Parkinson podem passar despercebidos por serem bem simples e leves, dentre eles podem ocorrer tremor no polegar que vem e vai várias vezes ao dia, ainda podem ocorrer tremores internos e a escrita ficar pequena cada vez mais. Mesmo as pessoas que reconhecem os sintomas iniciais do Parkinson e procuram ajuda podem ficar sem tratamento, já que a doença pode passar despercebida pelos médicos que não conseguem descobrir o que é que acontece com as pessoas.

Diversos pacientes que passaram por clínicas famosas de diagnose relatam que no início não foram descobertos os sintomas, mas os médicos não têm culpa disto já que os tremores iniciais são sentidos apenas pelos pacientes e não são capazes de passar por um diagnostico preciso. Na maioria das vezes os sintomas dos tremores ocorrem por dentro do corpo da pessoa não deixando que os profissionais o sintam, com isso a pessoa é diagnosticada pelos médicos como neurótica, com isso começa a tomar remédios como tranquilizantes para que parem de pensar que estão com a doença, claro que de nada adianta estes tipos de remédios visto que a pessoa se encontra com a doença. Por outro lado existem também as pessoas que sentem tremores mais fortes no corpo elas vão prontamente para os médicos, mas logo descobrem que estes tremores não fazem parte do Parkinson e que apenas estão com algum outro tipo de problema que pode ocorrer com qualquer pessoa.

Independente de se o diagnóstico é feito imediatamente ou com o passar do tempo é necessário que a pessoa se adapte a doença, quem aceita a sua condição tem mais facilidade em lidar com o problema porque vai passar a se informar sobre a situação e ficar experiente sobre os principais casos sabendo levar a vida com facilidade. Já as pessoas que não aceitam a doença passam por muitos anos de dificuldade tentando esconder o problema de si mesmo, com este comportamento vai começar a sentir ansiedade e tensão. Ninguém pode encarar o Parkinson como uma doença que vai passar com o tempo porque isso não é verdade sem contar que ainda pode piorar com o passar dos anos, alguns casos vão ocorrendo bem de vagar já em outros a agridem com mais velocidade as pessoas deixando-as vulnerável rapidamente, independente de quais são os sintomas que você tenha ligado ao Parkinson tem que procurar um médico para saber o que deve fazer e vai parecer difícil de aceitar, mas você deve fazer de tudo para não piorar ainda mais a situação.

Publicado por Talita
Revisado em 07/10/2014

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentários

  • renato euclides de melo

    11/05/16

    Bom dia a todos, queria saber desde comentario de parkinson; a minha mãe ela está com 80 anos, ela se entregou para doença. fica sentada no sofá o dia enteiro, não faz mais as necessidades mais .sozinha. não mais , temos que levar ela segurando pelos braços , dar banho,dar comida, dar aguá, dar tudo pra ela, ela não tem mais força nas mãos, quando ela tá sentada as vezes o braço do lado esquerdo fica tremendo e levantando pra cima e as mãos treme, ai quando o braço dela abaixa aí para de tremer. as vezes ela fas as necessidades na roupas, ela não abre a boca pra falar nada as vezes nós falamos pra ela quem é eu ou minha irmã ela fica pensando tendando lembrar mas não responde, ela fala pra minha irmã, que a mãe dela fica chamando ela,[ mãe dela é falecida]. ela fica com os olhos chei de lagrimas.
    responder

Comentar