Dicas para queda de cabelo

Se você sofre com queda de cabelo é preciso cuidar-se. Veja as dicas para acabar com esse problema e se livrar desse mal.

Mulher com cabelos brilhantes

Muitas pessoas sofrem de queda de cabelo, a cada lavada nos fios parece que se aproxima o dia em que ficarão sem cabelo nenhum na cabeça, carecas. Mas, por que isso acontece? Bem, há várias razões.
Nas mulheres, por exemplo, a queda de cabelo é razão de queixas frequentes. As causas podem ser por uma diminuição fisiológica do volume dos cabelos após certa fase da vida, uma predisposição genética para a queda, entre outros fatores diferentes que pedem um tratamento diferente para cada caso.
Para se ter ideia, muitas fazem uso de produtos químicos fortes e eles são a causa da queda, é por isso que sempre tem que estar atenta ao uso dos produtos que costuma passar em seu cabelo.
O ciclo natural dos cabelos é o crescimento de um centímetro ao mês, e conforme o ser humano vai ficando mais velho, a tendência é que os fios cresçam com menos rapidez do que seria o ideal, crescem de forma mais lenta o que pode causar uma preocupação quanto a queda.
Nas mulheres as principais causas são devido ao parto, a famosa queda pós parto, anemia, ausência de proteína devido àquelas dietas malucas, uso de produtos indevidos, infecção por fungos, uso de medicamentos, uso de anticoncepcionais, estresse, entre outras causas.
Para cada causa diferente existem tratamentos necessários, e eles variam bastante entre si.
Já nos homens, as causas são mais comuns e mais aceitas também, afinal um homem calvo é bem diferente de uma mulher nessas condições. Mas também é preciso atentar para as causas que podem fazer com que você fique assim.
Para os homens a predisposição genética e o estresse são as principais causas desse acontecimento, mas sempre há solução.
É possível resolver o problema por tomar cuidados com os produtos que usa e também por buscar em salões de beleza e clínicas dermatológicas uma solução, pois já existem tratamentos eficazes para resolver esse problema.
Procure um profissional e com certeza poderá resolver essa situação.

Publicado por Talita
Revisado em 12/09/2014

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar