Sintomas do Mal de Parkinson

O Mal de Parkinson é uma doença degenerativa do sistema nervoso que costuma acometer pessoas com mais de 60 anos. Esteja atento aos sintomas.

Mãos de idoso

Essa doença, que foi constatada pela primeira vez no ano de 1.817 por James Parkinson, pode também ser chamada de Doença de Parkinson.
Ela também é chamada de paralisia agitante, pois os neurônios secretores de dopamina nos gânglios da base passam controlar os comandos vindos do córtex para os músculos.

É uma doença idiopática, uma vez que sua causa é obscura. Tendo em vista a degeneração dos neurônios, pode ser caracterizada como uma doença degenerativa do sistema nervoso.

A propósito, não é uma doença tão rara assim. Em verdade é uma das doenças neurológicas mais frequentes,  cometendo em média 1% (um por cento) dos indivíduos acima dos 65 anos de idade.

Causas do mal de Parkinson

Senhora segurando em bengala

Por ser uma doença neurológica degenerativa, suas causas ainda são um pouco obscuras. Mas acredita-se que estejam, na maioria das vezes, ligadas à genética e ao meio ambiente.

As mutações genéticas específicas podem estar envolvidas em alguns casos raros. Não necessariamente com um familiar próximo atingido pelo mal de Parkinson, mas algumas mutações também podem aumentar o risco de acometimento.

O meio ambiente pode estar ligado por suas toxinas e fatores ambientais, apesar de ser um risco relativamente remoto.

Fatores de risco

Senhor sentado

Existem alguns fatores de risco para a doença, e que devem ser observados com cautela.

A idade é importante. Jovens e adultos, apesar de não estarem livres, raramente são atingidos pelo mal de Parkinson. O risco de acometimento da doença costuma aumentar para pessoas acima dos 60 anos de idade.

A hereditariedade também é um fator de risco, uma vez que parente próximo pode aumentar a chance genética no desenvolvimento da doença. O risco é pequeno, mas existe.

Homens também são mais propensos à desenvolver a doença do que as mulheres.

A exposição à algumas toxinas como herbicidas e pesticidas também colocam as pessoas na classe de risco de acometimento do mal de Parkinson.

Sintomas do mal de Parkinson

Alguns sintomas costumam aparecer no desenvolvimento da doença, mas alguns podem tardar a aparecer. São esses os principais sintomas:

Idosa pensativa

Diminuição ou desaparecimento dos movimentos automáticos como piscar;
Constipação;
Dificuldade de engolir;
Babar;
Falta de equilíbrio;
Falta de expressão facial;
Dores musculares;
Perda da motricidade fina;
Músculos rígidos;
Tremores nos membros em repouso;
Voz mais baixa;
Ansiedade;
Demência;
Depressão;
Alucinações;
Desmaios;
Perda de memória.

Caso você perceba alguns desses sintomas, procure imediatamente um médico. O tratamento adequado e no tempo certo contribuirá bastante para o retardamento da doença.

Saiba mais sobre o Mal de Parkinson no vídeo abaixo:

Mais artigo sobre o Mal de Parkinson

29/03/16 por Paulo Sergio

   



Mais informações por email

Comentar