Doenças raras no mundo

Algumas doenças podem ser consideradas raras e difíceis de receber tratamento, veja algumas delas que têm registros no mundo todo.

Doenças raras no mundo

O mundo é muito grande e em cada canto dele acontece algo que nunca vimos ou ouvimos falar, tanto que quando programas como o Globo Repórter sempre tem matérias para exibir demonstrando que é evidente que ainda não conhecemos nada praticamente do que existe em todo o mundo. Assim como os lugares desconhecidos existe outra coisa que chama a atenção de todos nós são as doenças estranhas e raras que em cada lugar existe uma, dentre estas podemos citar o “gigantismo” ela atinge a glândula pituitária do cérebro ainda na infância fazendo com que seu portador cresça exageradamente. Grande parte dos atingidos por esta doença sentem dificuldades para andar e também muita dor nas costas, pois além de seu tamanho ser exagerando o mesmo vai ocorrer com seus órgãos e daí vêm as dificuldades para realizar tarefas normais, tanto homens como mulheres podem sofrer do mesmo problema e chegar a medir aproximadamente 2.70m de altura e além do mal funcionamento da glândula pituitária um tumor no cérebro pode causar a mesma doença.

Outra doença rara que atinge apenas os homens é a doença de Lorenzo que tecnicamente é conhecida como adrenoleucodistrofia, com ela aos poucos a pessoa vai perdendo a capacidade de falar, interagir, passa a ter de usar óculos, não consegue andar com facilidade e para piorar a situação ainda tem que começar a se alimentar através de uma sonda. Está doença pode se manifestar em qualquer idade ela começa por danificar as glândulas adrenais, o sistema nervoso e também os tecidos testículos do paciente, aos poucos a doença vai evoluindo e pode levar a pessoa ao estado de coma. O tratamento existente serve para que a doença seja retardada e envolve a restrição a suplementação de alguns alimentos específicos, além de ser necessário medicamentos para combater as dores em alguns casos pode ser indicado o transplante de medula óssea, mas infelizmente não existe uma cura para a doença de Lourenço que até hoje continua a ser pesquisada cada vez mais afundo quando encontrada em alguém.

Mais sobre Doenças raras no mundo

Entre as doenças raras encontramos também a de Alpers ela normalmente afeta as crianças é uma doença congênita que danifica o sistema nervoso central, vai progredindo aos poucos levando a criança a não se desenvolver corretamente com o passar dos meses e anos. Os sintomas desta doença podem começar a ser percebidos logo no primeiro ano de vida do bebê, mas não são apenas no início da vida dos bebês que eles podem acontecer dê repente podem começar a ter início mais fortes a partir dos cinco anos de idade desenvolvendo-se em qualquer problema, aos poucos a criança vai perdendo tudo o que consegue fazer e esta é a forma mais dura de acontecer já que tanto a criança como os pais já estão acostumados com uma vida normal. Os acontecimentos são perder a força muscular, os membros se tornam duros, sem contar que a capacidade intelectual vai se transformando em demência progressiva, a fisioterapia e a psicometricidade são de grande ajuda para que a qualidade de vida desta criança possa melhorar.

14/03/11 por Talita

   



Mais informações por email

Comentar